segunda-feira, 14 de abril de 2014

O DJ Big Boy com Mick Jagger

© Foto de Mario Henrique Peixinho. Sérgio Motta, Mick Jagger e Big Boy na casa de Florinda Bolkan, na Joatinga. Rio de Janeiro, 1976.


Ontem eu publiquei uma foto que mostra a cantora Janis Joplin caindo no samba ao lado do badalado DJ Big Boy, em 1970, no Rio. Nesta outra foto, feita em 1976, Big Boy aparece com Sérgio Mota da gravadora Continental, e com Mick Jagger, que estava de férias no Brasil. A foto foi feita na casa de Florinda Bolkan na Joatinga, onde o Stone se hospedou. Big Boy morreu prematuramente aos 33 anos de idade. 

domingo, 13 de abril de 2014

O dia em que Janis Joplin caiu no samba

© Foto do Arquivo Nacional. O dia em que Janis Joplin caiu no samba. Rio de Janeiro, 1970.


Esta imagem, pertencente ao Arquivo Nacional, mostra quando Janis Joplin (1943-1970) esteve no desfile de carnaval da Marques de Sapucaí, em fevereiro de 1970. Janis Joplin foi ciceroneada no Rio de Janeiro pelo fotógrafo Ricky Ferreira e pelo cantor Serguei. O fotógrafo a hospedou em seu apartamento e a levou para as baladas cariocas, passando praticamente despercebida. Fez um obscuro show num inferninho de Copacabana, foi expulsa de um hotel e quase foi presa na praia por fazer topless. Em outubro daquele ano, Janis Joplin morreu aos 27 anos.

Dia 13 de Abril, é o dia Mundial do Beijo

© Foto de Robert Doisneau. O Beijo do Hôtel de Ville. Paris, 1950.


Dia 13 de Abril, é o dia Mundial do Beijo. Esta imagem intitulada “O Beijo do Hôtel de Ville”, de Robert Doisneau (1912-1994) é considerada uma das fotografias mais populares da história. Apesar de Doisneau ter realizado centenas de flagrantes em Paris, a foto foi encenada. Em 1950, Françoise Bobbet, uma jovem atriz, trocava beijos com o namorado, quando foi abordada pelo fotógrafo Robert Doisneau, que pediu para que repetissem o beijo em três locais diferentes para um ensaio sobre amantes de Paris, encomendado pela revista Life. O casal foi fotografado na Place de la Concorde, na Rue de Rivoli e no Hôtel de Ville. O sucesso mundial dessa fotografia desencadeou a cobiça de aproveitadores. Vários casais processaram o fotógrafo alegando ser os personagens retratados, entretanto, esse fato não impediu que a imagem se tornasse uma das fotografias mais vendidas do mundo. “Eu nunca teria me atrevido a fotografar pessoas se beijando na rua sem permissão, os casais raramente são legítimos”, afirmou certa vez Doisneau.

sábado, 12 de abril de 2014

Claudia Cardinale e os discos de Ella Fitzgerald

© Foto de Graziano Arici. Claudia Cardinale ouvindo um disco de Ella Fitzgerald. Roma, 1959.


Desejo um ótimo final de semana a todos com a bela atriz italiana Claudia Cardinale relaxada em casa, ouvindo os discos de Ella Fitzgerald.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

As "selfies" na Casa Branca com o presidente podem ter os dias contados

© Foto de Larry Downing/ Reuters. O momento em que o jogador David Cruz faz a "selfie" com Obama na Casa Branca. EUA, 2014.


As "selfies" na Casa Branca com o presidente podem ter os dias contados. Na semana passada Obama recebeu a equipe de beisebol dos Boston Red Sox e permitiu que o jogador David Ortiz fizesse uma "selfie" ao seu lado. Descobriu-se depois que a iniciativa foi um golpe publicitário da Samsung e agora os advogados da Casa Branca estão avaliando o caso. Segundo um assessor, este episódio pode representar o fim de todas as "selfies" na Casa Branca. A foto feita por uma agência internacional mostrando o jogador e o presidente fazendo a "selfie" foi compartilhada 42 mil vezes por seguidores do Twitter de David Ortiz. A Samsung reconheceu que tudo não passou de estratégia de marketing combinada anteriormente com o jogador.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Túnel que liga Belo Horizonte a Nova Lima já existe

© Foto de Fernando Rabelo. Acesso ao túnel da Ferrovia do Aço que liga Belo Horizonte a Nova Lima, 2014.

A Ferrovia do Aço, uma das obras faraônicas que o regime militar iniciou na década de 1970 e nunca concluiu, esconde até hoje segredos que grande parte dos moradores de Belo Horizonte desconhece. O tão sonhado túnel ligando BH e Nova Lima, na verdade já existe, e se encontra em total estado de abandono. O acesso ao túnel é feito pelo bairro Taquaril (próximo ao Hospital da Baleia) e atualmente serve de trilha para motoqueiros e jipeiros. As obras inacabadas da ferrovia se tornaram símbolos do desperdício de dinheiro, e uma herança maldita do governo militar.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

A alegre inauguração de Brasília

© Foto de Alberto Ferreira. Inauguração de Brasília, 1960.

Este belo registro da inauguração de Brasília foi feito por Alberto Ferreira, que chefiou durante 25 anos a equipe de fotógrafos do Jornal do Brasil, composta na época por Alberto Jacob Erno Schneider, Campanella Neto, Evandro Teixeira, José Antônio Moraes, Delfim Vieira, Odyr Amorim, Ronald Theobald, Antônio Andrade, Ary Gomes, Kaoru Higuchi, entre outros. Alberto Ferreira morreu em 2007, aos 75 anos de idade.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

"No Photography"

© Foto de Paolo Pellegrin. Prisão de Guantanamo, 2006.

“Estou mais interessado em uma fotografia ‘inacabada’, que é sugestiva e pode desencadear um diálogo. Há fotos que estão fechadas, finalizadas, nas quais não há meio de entrar”.

Paolo Pellegrin

domingo, 6 de abril de 2014

As meninas de Peter Lindbergh

© Foto de Peter Lindbergh. Editorial para a revista Vogue norte-americana. Nova York, 1991.


Em 1991, o fotógrafo Peter Lindbergh reuniu no Brooklyn as oito supermodelos mais sexy do mundo para um editorial da revista Vogue norte-americana. Estavam lá Cindy Crawford, Tatjana Patitz, Helena Christensen, Linda Evangelista, Claudia Schiffer, Naomi Campbell, Karen Mulder e Stephanie Seymour. Nascido na Alemanha Oriental em 1944, Peter Lindbergh é um dos fotógrafos mais respeitados da atualidade. Ele é considerado no mundo da moda como “o poeta do glamour”. Desde 1978, quando a revista Stern editou sua primeira série de fotografias de moda, seu trabalho tem sido publicado nas principais revistas internacionais de moda e tem trabalhado para as campanhas dos principais estilistas do mundo. Ele é um dos grandes mestres da fotografia em preto e branco com luz contínua.

sábado, 5 de abril de 2014

Brigitte Bardot e a leveza do ser

© Foto de Reg Lancaster/Getty Images. Brigitte Bardot dançando em uma cena do filme “Two Weeks In September”, 1967.

“Qualquer idade pode ser encantadora desde que você a viva”. Brigitte Bardot


Bom final de semana a todos...

quinta-feira, 3 de abril de 2014

George Harrison e a histeria adolescente

© Foto de Max Scheler. Fãs adoradores de George Harrison. Londres, 1964.

Esta impressionante fotografia mostra adolescentes, que através do vidro de um trem, tentavam se aproximar de George Harrison. A imagem foi feita em 1964, durante as filmagens de A Hard Day’s Night (Os Reis do Iê, Iê, Iê). O filme rodado em preto e branco foi lançado com o intuito de promover a música da banda através do cinema.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Mário Soares visitando Leonel Brizola

© Foto de Ricardo Beliel. O primeiro ministro de Portugal visita o Governador do Rio Leonel Brizola. Rio de Janeiro, 1983.


Hoje o fotógrafo Ricardo Beliel me enviou uma foto muito bacana. A imagem foi feita em 1983, quando o primeiro ministro de Portugal, o socialista Mário Soares, realizou uma viagem ao Brasil. Na foto aparecem da esquerda para a direita Leonel Brizola, Mário Soares, Alfredo Sirkis, José Maria Rabêlo (meu pai), e Darcy Ribeiro. Mário Soares é dos mais famosos políticos de Portugal, durante o Salazarismo, foi preso doze vezes, e em 1968 foi deportado sem julgamento para a ilha de São Tomé, até se exilar na França, em 1970.

John Lennon e a sua Rolleiflex

Autorretrato de John Lennon e sua Rolleiflex no sótão de sua casa Kenwood, 29 de junho de 1967.


“Eu tenho o maior medo desse negócio de ser normal”.


John Lennon

domingo, 30 de março de 2014

Francisco Julião e Apolo Heringer Lisboa no deserto do Saara

© Foto de Anataílde Julião. Francisco Julião em companhia de Apolo Heringer Lisboa. Deserto do Saara, Argélia, 1977.


Ontem encontrei na Internet uma foto que mostra o líder das Ligas Camponesas Francisco Julião (1915-1999) em companhia do médico Apolo Heringer Lisboa, numa visita ao deserto do Saara, no Sul da Argélia. Hoje me encontrei por um acaso com Apolo, num restaurante em Belo Horizonte. Pedi a ele que me descrevesse essa imagem, tudo foi anotado em um guardanapo: “Em 1977, numa viagem ao deserto do Saara, Francisco Julião e a filha Anataílde me visitavam na Argélia, quando os levei pra conhecer essa região desértica. No meio do areal avistamos uma pequena cidade e um lago. O Francisco Julião pediu para pararmos o carro, ele estava muito impressionado de encontrar um lago no meio do deserto”, afirmou Apolo, que na época estava exilado na Argélia.

sábado, 29 de março de 2014

A família de Rubens Paiva

© Acervo de família. Eunice, mulher de Rubens Paiva e os filhos na casa do Leblon. Sem data.


Esta é a família do ex-deputado cassado Rubens Paiva. Em 1971, Rubens foi sequestrado e assassinado por agentes da Aeronáutica, e seu corpo até hoje não foi encontrado. Marcelo, o único filho de Rubens Paiva cresceu no meio de muitas mulheres, com quatro irmãs. “Desde pequeno, minha rotina foi invadida por ‘perfumes, nuances, delicadezas e mimo”, definiu certa vez Marcelo. Anos depois, Amilcar Lobo, que na época era médico do DOI-Codi, declarou à revista Veja que o ex-deputado foi morto após sessões de tortura. 

Ralph Crane e o surfista

© Foto de Ralph Crane. Surf Festival 1965 Manhattan Beach. EUA, 1965.

Bom final de semana a todos com esta bela fotografia de Ralph Crane, um lendário fotógrafo da revista Life, que será lembrado como o fotojornalista que sempre carregava uma escada e três câmeras penduradas no pescoço.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Isadora Duncan por Arnold Genthe

© Foto de Arnold Genthe. "Portrait" da jovem Isadora Duncan. Sem data.


A bailarina Isadora Duncan (1877-1927) foi retratada diversas vezes pelo fotógrafo alemão Arnold Genthe (1869-1942). Arnold emigrou para os EUA em 1895, aprendendo a fotografar sozinho. No final de 1890, ele abriu um estúdio de "portraits". Em 1906, o terremoto que reduziu a pó a cidade californiana de São Francisco destruiu seu estúdio, que depois foi reconstruído. Sua fotografia mais famosa é a que mostra duas mulheres posando no alto de uma colina logo após o terrível terremoto, indiferentes à catástrofe que se abateu sobre São Francisco.

quinta-feira, 27 de março de 2014

A pomba da Anistia

© Foto de Jorge Araujo. Anistia. São Paulo, 1979.


Em 1979, o fotógrafo Jorge Araujo foi o vencedor do Prêmio Esso de Fotografia com uma imagem veiculada na primeira página do jornal Folha de S. Paulo. Durante uma manifestação a favor da Anistia, uma pomba branca pousou encima de uma faixa de protesto. A foto acabou se tornando um dos símbolos da Anistia no Brasil. Jorge iniciou a carreira em 1973, na Folha de S.Paulo. Venceu o Prêmio Vladimir Herzog diversas vezes (1983, 1984, 1985 e 1987); o Nikon Photo Contest International, Japão (1992); e o Prêmio Fundação Roberto Marinho (1992).

quarta-feira, 26 de março de 2014

A menina que se negou a cumprimentar o Presidente João Figueiredo

© Foto de Guinaldo Nicolaevsky. A menina que se negou a cumprimentar o ex-presidente João Figueiredo, Belo Horizonte. 1979.


Em 2008, vários blogs brasileiros lançaram uma campanha nacional para encontrar a corajosa menina que se negou estender a mão ao ditador João Figueiredo em 1979. A foto histórica de Guinaldo Nikolaevscky marcou o início da abertura política. A célebre imagem foi feita durante solenidade no Palácio da Liberdade em Belo Horizonte. Em 2011, Rachel Clemens afirmou ser a menina da foto.

sábado, 22 de março de 2014

Um mergulho com Bruce Weber

© Foto de Bruce Weber. Editorial para a revista Vogue. Nova York, Setembro, 2012.

Desejo um excelente final de semana a todos com esta fotografia de Bruce Weber. Vamos mergulhar?

sexta-feira, 21 de março de 2014

Guinaldo Nicolaevsky e Juscelino Kubitschek

 O fotojornalista Guinaldo Nicolaevsky ao lado de Juscelino Kubitschek, e de Sílvia Nicolaevsky, esposa de Guinaldo.

Vasculhando a Internet encontrei este histórico registro de autor desconhecido, que mostra o saudoso fotojornalista Guinaldo Nicolaevsky (1939-2009), ao lado de Juscelino Kubitschek, e de Sílvia Nicolaevsky, esposa de Guinaldo. Nicolaevsky foi um dos mais importantes fotojornalistas brasileiros e um dos mais queridos editores de fotografia do Brasil.


quinta-feira, 20 de março de 2014

O "último cigarro" de Dona Olímpia

© Foto de Auremar de Castro. Dona Olímpia pouco antes da sua morte. Ouro Preto, 1976.


Recentemente publiquei uma rara fotografia de Dona Olímpia (1889-1976), aos dezoito anos de idade, quando era dona de uma beleza extravagante, que endoidecia jovens oficiais, políticos e nobres. Sinhá Olímpia como era chamada foi considerada a primeira hippie brasileira, figura folclórica que perambulava pelas ladeiras de Ouro Preto entre os anos 50 e 70, vestida com chapéus enfeitados com flores e sempre fumando um cigarro. O fotojornalista Auremar de Castro me enviou esta semana uma fotografia de Dona Olímpia em seus últimos dias de vida, segurando um cigarro. “Em 1976, fui produzir uma matéria com a Dona Olímpia para uma revista. Ela estava instalada em uma casa ao lado da Igreja do Pilar. Recolhida em um acanhado e estreito cômodo muito escuro, com uma janela pequena. Bem debilitada repousava sobre uma cama, o único móvel do ambiente. Naquela data, o flash era algo proibido porque adulterava o clima de realidade. O flash deveria ser usado só no impossível, mas o fotógrafo sempre tinha que tentar o possível. O filme era um TRI-X puxado para 800 ASA e completando a operação com tudo aberto e com velocidade baixa. Dona Olímpia era uma tabagista inveterada e quando ela foi ascender um cigarro, aproveitei o aumento de intensidade da luz para fazer a foto na frágil luminosidade do recinto.Hoje seria uma foto de qualidade super crítica, mas na época tinha valor próprio. Ela morreu logo depois”, escreveu Auremar.

quarta-feira, 19 de março de 2014

Gilberto Gil e Drão no exílio

© Foto do acervo pessoal. Gilberto Gil com Sandra Gadelha (Drão), durante o exílio em Londres, c1970.

No final do ano passado Gilberto Gil resolveu revirar o seu baú de recordações e compartilhou uma foto dele com a mulher Sandra Gadelha (Drão), feita no período em que esteve exilado em Londres, de 1969 a 1972. O casal começou a namorar em 1968 e em1979 terminaram o relacionamento. Gilberto Gil dedicou uma música para a companheira:

Drão!
O amor da gente
É como um grão
Uma semente de ilusão
Tem que morrer pra germinar
Plantar nalgum lugar
Ressuscitar no chão
Nossa semeadura
Quem poderá fazer
Aquele amor morrer
Nossa caminhadura
Dura caminhada
Pela noite escura...

Drão!
Não pense na separação
Não despedace o coração
O verdadeiro amor é vão
Estende-se infinito
Imenso monolito
Nossa arquitetura
Quem poderá fazer
Aquele amor morrer
Nossa caminhadura
Cama de tatame
Pela vida afora

Drão!
Os meninos são todos sãos
Os pecados são todos meus
Deus sabe a minha confissão
Não há o que perdoar
Por isso mesmo é que há de haver mais compaixão
Quem poderá fazer
Aquele amor morrer
Se o amor é como um grão
Morre, nasce trigo
Vive, morre pão
Drão!
Drão!
Aquele amor morrer
Se o amor é como um grão
Morre, nasce trigo
Vive, morre pão
Drão!

Drão!

A língua do roqueiro Serguei

© Foto de Fernando Rabelo/Folhapress. Serguei faz pose de Mick Jagger numa praia em Saquarema, 1990.

Em 1990, pude conhecer de perto o lendário roqueiro brasileiro Serguei, quando eu trabalhava para o jornal Folha de São Paulo. Realizei uma série de fotos em sua residência e na praia de Saquarema, onde Serguei vive. Num determinado momento Serguei resolveu imitar a célebre pose em que Mick Jagger tira a língua. Em 1969, Serguei se tornou conhecido par manter uma relação amorosa com Janis Joplin.

Os surrealistas Salvador Dali e Man Ray

© Foto de Carl Van Vechten. Salvador Dalí e o fotógrafo Man Ray. Paris, 1934.


Em 16 de junho de 1934, os surrealistas Salvador Dali e Man Ray foram retratados por Carl Van Vechten. O movimento surrealista surgiu na década de 20, na capital francesa. Andre Breton, Antonin Artaud, Luis Buñuel, Max Ernst, Man Ray, René Magritte e Salvador Dali foram seus representantes mais conhecidos.

segunda-feira, 17 de março de 2014

Ursula Andress por David Hurn

© Foto de David Hurn. Ursula Andress. Londres, 1962.


Boa noite a todos com uma dose tripla da atriz Ursula Andress, retratada por David Hurn.

domingo, 16 de março de 2014

Chat Noir

© Foto de Deborah Julian. Cartaz da série “Chat Noir”.


Esta imagem feita por Deborah Julian, a de dois gatos contemplando cartazes e postais do “Chat Noir”, na margem esquerda do Rio Sena em Paris, era originalmente para ilustrar um livro. A foto fez tanto sucesso que virou um popular cartaz. "Antes de adotar gatos eu era estritamente uma fotógrafa de rua. Mas meus três gatos, George, Billy e Sammy me inspiraram nesta série. Gosto de criar imagens de gatos lunáticos com meus felinos”, afirma Deborah Julian.

Cores e Luzes de Belo Horizonte

© Foto de Luciana Luiza. A minha caminhada no topo do Pico Belo Horizonte, 2014.


A semana que passou foi decisiva para o meu próximo livro intitulado “Cores e Luzes de Belo Horizonte”, da Editora Le Graphar. A edição em português, inglês e espanhol será lançada para a Copa do Mundo, trazendo uma bela homenagem visual a cidade, abrangendo as principais atrações turísticas e os aspectos mais representativos da capital mineira. Na foto feita na semana passada, eu apareço numa caminhada no topo do Pico Belo Horizonte, o ponto culminante da cidade, numa altitude de 1.390 metros. Desde o mês de dezembro eu tenho fotografado Belo Horizonte e seus arredores, de carro, de avião, a cavalo, a pé, de bicicleta, enfim de todas as maneiras possíveis para melhor documentar o crescimento da megalópole mineira.

sábado, 15 de março de 2014

A fonte da Praça da Liberdade

© Foto de Fernando Rabelo. Fonte da Praça da Liberdade. Belo Horizonte, 15 de março de 2014.


A fonte da Praça da Liberdade em Belo Horizonte ameniza a temperatura alta na capital mineira neste fim de verão. Os jardins foram inspirados no Palácio de Versailles. A praça começou a ser construída na época da fundação da cidade, que ocorreu entre 1895-1897. No seu entorno existe atualmente o majestoso Circuito Cultural da Praça da Liberdade.

Hélio Oiticica no Inhotim

© Foto de Fernando Rabelo. O labirinto “Penetrável Magic Square” de Hélio Oiticica. Inhotim, 14 de março de 2014.


Hoje eu sobrevoei e fotografei de cima o Instituto Inhotim, considerado o maior centro de arte contemporânea do mundo, localizado em Brumadinho, nas proximidades de Belo Horizonte. Do alto pude perceber a beleza plástica da obra “Penetrável Magic Square” de Hélio Oiticica. O Inhotim foi construído numa área verde de 5.000 hectares, atraindo cada ano cerca de 250 mil visitantes de todo o mundo. Os jardins foram projetados pelo célebre paisagista Roberto Burle Marx.

terça-feira, 11 de março de 2014

A divina Diane Kruger

© Foto de Christophe Meimoon. Diane Kruger posando para o calendário da Unicef Gala, 2006.


Esta é a atriz e ex-modelo alemã Diane Kruger, que atuou em diversos filmes, como Troia, A Lenda do Tesouro Perdido, e Bastardos Inglórios. O sonho de infância de Kruger era de se tornar bailarina o que a levou a ingressar no Royal Ballet School, em Londres. Após uma lesão, encerrou prematuramente sua carreira de bailarina. Tornou-se modelo e depois atriz. “Eu realmente senti que encontrei a minha vocação o dia que eu fui para a escola de teatro e eu subi no palco pela primeira vez. É um tipo de coisa clichê de dizer, mas eu realmente senti que era o que eu pretendia fazer”, afirmou certa vez Diane Kruger.

Catherine Deneuve por Jerry Schatzberg

© Foto de Jerry Schatzberg. Catherine Deneuve. Nova York, 1965.


A bela Catherine Deneuve foi retratada por Jerry Schatzberg, que fundou seu estúdio em meados dos anos 50, em Nova York e começou a trabalhar para revistas como Vogue, Esquire e Cosmopolitan. Nessa época ele se consolidou como um dos mais influentes fotógrafos de moda. Ele ficou famoso, no entanto, por seus retratos de celebridades e ícones pop da época.

segunda-feira, 10 de março de 2014

O olhar controverso de Nan Goldin

© Foto de Nan Goldin. “Variety Booth”. Nova York, 1983.


Este registro é da célebre fotógrafa norte-americana Nan Goldin, que se tornou conhecida pelos seus temas controversos, como o homossexualismo, a nudez, e a violência doméstica. Em 2011, uma exposição de Nan Goldin foi censurada e suspensa pelo Oi Futuro, no Rio, fato que repercutiu como uma bomba no meio artístico brasileiro. A mostra acabou sendo exibida no Museu de Arte Moderna.

O beijo ardente entre Johnny Depp e Winona Ryder

© Foto de Herb Ritts. Johnny Depp e Winona Ryder, 1990.


O beijo ardente entre Johnny Depp e Winona Ryder foi perpetuado por Herb Ritts em 1990. Herb foi um conceituado fotógrafo que trabalhou para as revistas Vogue, Vanity Fair, Interview e Rolling Stone, e criou campanhas publicitárias para Calvin Klein, Chanel, Donna Karan, Gap, Gianfranco Ferré, Versace Gianni, Giorgio Armani, Levi´s, Pirelli, Polo Ralph Lauren, Valentino, entre outros. 

domingo, 9 de março de 2014

Mafalda completa 50 anos de idade

© Foto de Alejandro Pagni/AFP. Joaquin Salvador Lavado (Quino) e a escultura de Mafalda. Buenos Aires, 2009.


Em 2014, a garotinha rebelde Mafalda completa 50 anos, sendo considerada uma das dez figuras argentinas mais famosas do século XX. A personagem foi criada em 1964, pelo cartunista Joaquín Salvador Lavado, mais conhecido como Quino, atualmente com 81 anos de idade. A menina anticonformista, preocupada com a humanidade e a paz mundial, alcançou fama em todo o mundo.

O mergulho

© Foto de Adam Pretty/Getty. O mergulho de Dewi Setyaningsih e Linadini Yasmin no Campeonato Mundial de Natação. Barcelona, 2013.


Desejo um excelente domingo a todos. Que tal um mergulho para aliviar as tensões do dia a dia?

sexta-feira, 7 de março de 2014

Marilyn Monroe por Cecil Beaton

© Foto de Cecil Beaton. Marilyn Monroe, 1959.


Este é um raro retrato de Marilyn Monroe feito por Cecil Beaton (1904-1980), um dos mais aclamados fotógrafos britânicos do século passado. Beaton se tornou conhecido por suas fotografias de moda que realizou para as revistas Vanity Fair e Vogue a partir da década de 20, e por suas fotos de celebridades em Hollywood.

quinta-feira, 6 de março de 2014

O olhar de Débora 70

© Foto de Débora 70. Imagem que compõe a mostra CALMA SLOW.


A exposição CALMA SLOW, que marca os 20 anos de carreira da minha querida amiga e fotógrafa Debora Viana Setenta , será inaugurada hoje, quinta-feira dia 6 de março, às 19 horas, no Espaço Sesc, no Rio. Com apresentação de Milton Guran - coordenador do FotoRio, a mostra é dividida em 6 temas e apresenta ao público a diversidade do olhar da artista através de leituras visuais realizadas ao longo de duas décadas viajando pelo Brasil."Essa exposição é uma reunião de impressões pessoais em que uso as fotografias como palavras de um poema, ou como peças de um quebra-cabeça. Durante esses anos de trabalho naveguei por diversas técnicas, começando com fotogramas em P&B. Nesta mostra abro literalmente a caixa do meu portfólio e apresento nas pranchas minha visão pós-tudo”, explica Débora. Serviço: Exposição “CALMA SLOW”. Local: Espaço Sesc. Endereço: Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana. Tel Informações: (21) 2547-0156. Dias e horário: de quinta a sábado das 13h às 18h; domingos das 13h às 17h e segundas das 14h às 20h. Ingresso: Grátis

quarta-feira, 5 de março de 2014

Acabou a folia...

© Foto de Robert Doisneau. Sabordage, 1957.


Acabou a folia, o ano enfim está começando, ânimo rapaziada...

terça-feira, 4 de março de 2014

A Hong Kong de Fan Ho

© Foto de Fan Ho. Da série sobre Hong Kong feita entre ás décadas de 50 e 60.


Esta imagem pertence a uma série feita pelo premiado fotógrafo e cineasta chinês Fan Ho sobre Hong Kong entre as décadas de 50 e 60. A megalópole chinesa estava passando por uma transição do antigo para o moderno quando o fotógrafo de “olho cinematográfico” capturou a diversidade do velho contra o novo. Fan Ho, que hoje vive na Califórnia (EUA), costuma chamar as ruas de Living Theater. “Concentro-me muito para tirar uma boa foto. É realmente um trabalho muito duro. Você deve ver e pensar o tempo todo. Você tem que pensar em como superar o seu trabalho passado com um novo ângulo ou um novo estilo, ou um novo sentimento. Você deve usar seu coração para determinar o momento decisivo que Henri Cartier-Bresson se referia”, afirma Fan Ho.